Em uma demanda judicial as partes envolvidas estão, à priori  convictas que têm razão e o objeto do processo é dar razão ou ganho a quem realmente a tem. Com esta tarefa, o julgador (magistrado) possui o conhecimento dos dispositivos legais a serem aplicados, porém em determinadas situações, torna-se necessária a produção de provas.

  • Execuções: É a ação que pede ao Juiz que reconheça a dívida e condene o devedor a pagar-lhe.
  • Desapropriações: É a ação promovida pelo Poder Público contra o dono do imóvel desapropriado.
  • Renovatória de Locações: Determinação do valor aluguel de imóveis para fins de renovação de contrato locatício.
  • Demolitórias: É a que o proprietário propõe contra o dono de um prédio vizinho, para pedir a demolição ou reparação necessária, quando este prédio ameace cair ou ruir, bem como para prestar garantia pelo dano eminente.
  • Indenizatórias: Tem por objetivo a reparação de um dano material ou moral; o lesado pleteia ao juiz que condene aquele que praticou algum ilícito a lhe pagar os prejuízos (materiais e morais) que sofreu com tal ilicitude. Um exemplo muito comum é a solicitação de indenização por danos causados por obras nas proximidades de determinado imóvel.
  • Demarcatórias: Tem por objeto a constituição ou assinalação de limites de prédio rústico ou urbano, ou a aviventação ou renovação de marcos.
  • Possessórias: São as ações de tutela da posse: ação de manutenção e de reintegração de posse, ação de nunciação de obra nova e o interdito proibitório, além de embargos de terceiros senhor/possuidor.
  • Usucapião: è um dos modos de aquisição de propriedades -  móvel e imóvel – pelo simples exercício da posse do bem durante certo tempo.
  • Partilhas: Determinar o valor dos bens a serem  amealhados.
  • Nunciação de Obra Nova: Tem por propósito impedir o prosseguimento de uma obra, que esta sendo feita, porque ela prejudica ou o direito de propriedade, ou o os interesses da vizinhança, ou mesmo de posturas públicas.
  • Pericia Ambiental Judicial e Securitária: Avaliação de Impacto, dano e Passivo Ambiental.
  • Avaliações Empresariais: Determinação dos valores do ativo tangíveis e intangíveis.
  • Avaliações Rurais: Determinação do valor de propriedades rurais, dos moventes e semoventes.
  • Inspeção Predial: é uma vistoria para avaliar “estados de conformidades de uma edificação”, mediante aspectos de desempenho, vida útil, segurança, estado de conservação, manutenção, exposição ambiental, utilização, operação...